Av. Des. Dermeval Lyrio, 501 - Mata da Praia - Vitória/ES 27 3325 7566 | 99706-2131 (WhatsApp) igreja@ibmatadapraia.org.br     

Texto das
Mensagens

TER BASTANTE OU TER DE TUDO?

Gênesis 33.8-11    Pr. Marcelo Aguiar   

 

INTRODUÇÃO

Esaú e Jacó eram irmãos. Filhos de pais crentes, viveram como incrédulos em sua juventude. Esaú tinha uma atitude mundana, vivendo em função do prazer; Jacó tinha uma atitude gananciosa, vivendo de ardis e trapaças. Um dia, separaram-se brigados. Esaú ficou com os bens de seu pai, e Jacó partiu apenas com um cajado. Vinte anos depois, os irmãos se reencontraram e se reconciliaram. No que haviam se tornado? Qual dos dois poderíamos tomar como modelo?

 

1)  ESAÚ: UM HOMEM QUE TINHA BASTANTE

Depois de vinte anos, Esaú havia mudado. Tinha apaziguado o seu coração. Cuidava do velho pai. Havia prosperado. Tinha aprendido a perdoar. Havia se tornado um homem bem-sucedido e satisfeito. “Tenho o bastante”, disse ele a Jacó (v. 9).

Podemos aprender algo com Esaú. Viver satisfeito é uma virtude. O apóstolo Paulo sabia viver contente com o que tinha (Filipenses 4.11-13). Devemos imitar seu exemplo.

O problema é que podemos nos acomodar, e ficar satisfeitos apenas por termos bens materiais. Parece que era o caso de Esaú. Até onde sabemos, ele não se tornou um crente.

Certa vez um rico fazendeiro, que hospedava um pastor em sua residência, levou-o ao alto de uma torre e começou a apontar para o sul, para o norte, para o leste e para o oeste, dizendo: “Todos os campos que o senhor vê nessa direção são meus”. O pregador, então, apontou para o alto e perguntou-lhe: “E nessa direção, quantos campos o senhor possui?”.

 

2) JACÓ: UM HOMEM QUE TINHA DE TUDO

Jacó também havia mudado depois de vinte anos. A caminho de Harã, vivera uma experiência com Deus. Voltou como um homem convertido. Saíra em desvantagem, com apenas um cajado. Mas se tornou mais rico que o irmão. Ele disse: “Tenho de tudo” (v. 11).

A diferença entre Esaú e Jacó é que o segundo teve um encontro com o Senhor. O primeiro trilhou apenas metade do caminho. Será que temos encarado Deus como nossa maior riqueza? Essa é a diferença entre ter bastante e ter de tudo!

Davi foi um homem que mostrou haver aprendido essa importante lição. Nos seus escritos, ele afirmou que Deus era sua única riqueza (Salmo 16.2,5). Embora fosse o rei de Israel, não se deslumbrava com o luxo da corte. Seu coração pertencia ao Senhor.

Numa quadra desconsolada, o poeta Soares da Cunha escreveu: “Não sei por que razão em nossa mesa / foi sempre amargo o pão de cada dia. / Seria preferível a pobreza / com um pouco mais de graça e alegria”. Quando priorizamos coisas materiais – como bens, carreira e assim por diante – acabamos deixando de fora o que realmente importa: a presença de Deus e a comunhão com a sua família.

 

3) COMO É SER UMA PESSOA QUE TEM DE TUDO?

Voltando ao texto bíblico que estamos considerando, encontramos na fala de Jacó algumas marcas que nos permitem identificar uma pessoa que tem de tudo:

  1. a) Ser uma pessoa que tem de tudo é ter amigos e irmãos (v. 10). Ele disse a Esaú que ver o seu rosto era como ver a face de Deus (a qual ele, realmente, havia contemplado um pouco antes). Como é importante o convívio com os irmãos!
  2. b) Ser uma pessoa que tem de tudo é ter as bênçãos do Senhor (v. 11). Jacó admitia que Deus o tinha abençoado. O Senhor tem feito o mesmo por cada um de nós (Romanos 8.31,32). Temos sido sustentados, protegidos e confortados. Não temos do que reclamar.
  3. c) Ser uma pessoa que tem de tudo é ser capaz de dar aos outros (v. 10,11). Jacó fez questão de presentear Esaú. Não medimos a riqueza de uma pessoa pelo quanto possui, e sim pelo que está disposta a compartilhar.
  4. d) Ser uma pessoa que tem de tudo é ser alguém que tem Deus (v.11). Ele é o nosso tesouro. Certa vez o Imperador romano ameaçou um nobre que havia se tornado cristão. “Se não voltar atrás, eu vou confiscar os seus bens! Eu vou prendê-lo! Eu vou bani-lo! Eu vou matá-lo!”. Mas não podia realmente lhe fazer mal, porque sua vida pertencia a Jesus.

 

CONCLUSÃO

Você quer ser uma pessoa que tem bastante ou uma pessoa que tem de tudo? Você vive insatisfeito? Ou será, talvez, alguém que se satisfaz com as coisas erradas? Corrija o rumo! Coloque Jesus em primeiro lugar, e estará fazendo a escolha certa!

 

Pastor Marcelo Aguiar

SER FORMIGA OU SER PORTA?

TERRENOS DO CORAÇÃO

Sem comentários

Deixe seu comentário

IBMP

IBMP