Av. Des. Dermeval Lyrio, 501 - Mata da Praia - Vitória/ES 27 3325 7566 | 99706-2131 (WhatsApp) igreja@ibmatadapraia.org.br     

Texto das
Mensagens

A Pequena Missonária

2 Reis 5.1-19    Pr. Marcelo Aguiar   

 

 

INTRODUÇÃO

Algumas das histórias mais belas do mundo estão na Bíblia, com a vantagem de serem, todas, histórias reais. Uma dessas belas histórias está registrada no capítulo 5 de 2 Reis. O título é: “Naamã é curado da sua lepra”. Mas também poderia ser: “A Pequena Missionária”.

O que podemos aprender com essa história?

 

1) O MAIS IMPORTANTE ESTÁ NO NOSSO CORAÇÃO

O texto diz que a menina foi levada como prisioneira de guerra para a Síria. Ali, chegou como escrava na casa do general Naamã. Deve ter sido uma experiência triste e traumática. Seria compreensível se ela se enchesse de revolta. Ao tomar conhecimento da doença de Naamã, poderia até encarar aquilo como um castigo de Deus, e sentir-se vingada. Mas, pelo contrário, importou-se com a sorte daquele homem e tentou ajudá-lo. Ela mostrou que tinha um bom coração.

Quando coisas ruins nos acontecem, podemos duvidar de Deus e mergulhar na amargura. Ou podemos acreditar que ele tem um plano e continuar fazendo a nossa parte. Tudo vai depender da nossa atitude, do nosso coração. O homem não é produto do meio – é produto das suas escolhas! Jesus disse que deveríamos amar os nossos inimigos. Muito tempo antes, uma menina de Israel já havia feito isso…

 

2) POR QUE AS PESSOAS SÃO TÃO COMPLICADAS?

Naamã era um homem muito difícil. Guerreiro, vivia em meio à violência e aos conflitos. Orgulhoso, ao invés de procurar o profeta procurou o rei. Nenhum de nós simpatizaria com ele à primeira vista. Mas talvez a sua vida refletisse a infelicidade e a vergonha resultantes do fato de ser leproso. O fato é que, no final da história, ele mostrou que também havia dignidade em seu coração.

Existem pessoas complicadas, com as quais é difícil conviver. Mas talvez essas pessoas tenham passado por maus bocados. Isso não justifica… mas explica! Quando procuramos ver as coisas por esse lado, fica mais fácil amar essas pessoas e tentar ajudá-las. É muito importante conhecer a história de um ser humano para tentar compreender por que ele se comporta de determinada maneira. Evitemos fazer julgamentos!

 

3) NEM TODOS TÊM A MESMA FÉ

Quando Naamã chegou em Samaria dizendo que queria ser curado, o rei de Israel ficou desesperado. Naqueles dias os sírios oprimiam os israelitas e tinham um exército mais poderoso. O rei de Israel acreditou que eles estavam apenas buscando um pretexto para declarar guerra à nação. Ele não acreditou na sinceridade de Naamã. Também não acreditou que Deus poderia realizar o milagre pretendido.

A fé que Deus não encontrou no coração daquele rei, encontrou no coração da menina. Quando Deus olha para o seu coração, o que ele encontra? Jesus sempre repreendeu as pessoas que demonstraram falta de fé. Ele quer que acreditemos em Deus e na sua Palavra.

 

4) “DEUS RESISTE AOS SOBERBOS…”

A Bíblia diz que “Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes”. Quando Naamã chegou na porta da casa de Eliseu, acompanhado de seus servos e de sinais da sua riqueza, o profeta nem saiu à porta para recebê-lo. Apenas lhe disse que se banhasse sete vezes no rio Jordão. O general ficou enfurecido! Quase perdeu a bênção! Mas Deus estava tratando do seu orgulho. A doença que ele tinha por dentro era pior do que a que ele tinha por fora. Naamã precisava ser quebrantado. E foi isso o que aconteceu.

Muitos cristãos enfrentam enormes dificuldades por causa do seu orgulho. Deus resiste aos soberbos. Muitas vezes ele age a fim de nos quebrantar. Quer nos curar pelo lado de dentro…

 

5) O SENHOR OPERA O IMPOSSÍVEL

A lepra não tinha cura. Todo mundo daquela época e lugar sabia disso. O que Naamã buscava era uma coisa impossível. Porém, o Senhor opera o impossível. Ao sair do rio Jordão, o general sírio estava completamente curado. Estava, também, convertido: ele procurou Eliseu e disse que reconhecia que apenas o Deus de Israel era o Deus verdadeiro.

Algum dia, todos nos depararemos com uma situação impossível de ser resolvida. Talvez você já tenha até mesmo atravessado essa experiência! Mas para Deus não existem impossíveis. Ele honra a nossa fé e opera o extraordinário.

 

6) SOMOS TODOS MISSIONÁRIOS

Na história bíblica que estamos considerando, encontramos a primeira missionária de Missões Mundiais. Aquela menina atravessou a fronteira e falou do Senhor a um estrangeiro. Tudo aconteceu de modo muito incomum! É possível que uma pessoa mais velha, ou até mesmo um profeta, agisse de outra forma. Afinal, os judeus não viam com bons olhos a conversão de estrangeiros (lembre-se da história de Jonas). Mas a honra de ter sido a primeira missionária ficou com a pequenina escrava, que se por um lado não tinha tanto conhecimento da vida ou da religião, por outro não tinha tantos preconceitos.

Ao longo dos séculos criamos a ideia errada de que a obra de evangelismo e missões deve ser levada a cabo apenas por pessoas especificamente vocacionadas, que fazem um seminário e viajam para o outro lado do mundo. Todos temos a oportunidade – e o dever – de testemunhar. Essa é a grande lição da história.

 

CONCLUSÃO

Não sabemos como a menina israelita foi tratada após a volta de Naamã para casa. Talvez ela tenha sido liberta; talvez tenha sido adotada como filha. É bastante razoável supor que Naamã tenha mostrado gratidão por sua atitude. Mas o mais importante foi que ela cumpriu a vontade de Deus.

Você acredita que tem feito a vontade do Senhor? Se a sua resposta é “sim”, isso coloca você em excelente companhia! Se a sua resposta é “não”, que tal mudar as coisas daqui para frente?

 

Pastor Marcelo Aguiar

A Música na Igreja

As Serpentes da Vida

Sem comentários

Deixe seu comentário

IBMP

IBMP