Av. Des. Dermeval Lyrio, 501 - Mata da Praia - Vitória/ES 27 3325 7566 | 99706-2131 (WhatsApp) igreja@ibmatadapraia.org.br     

Texto das
Mensagens

GRANDES VERDADES SOBRE A COMUNHÃO CRISTÃ

1 Coríntios 12.12-27    Pr. Marcelo Aguiar   

 

 

INTRODUÇÃO

Paulo dava grande importância à comunhão (Efésios 4.4-6). Jesus também (João 17.20,21). Portanto, nós também devemos dar grande importância à comunhão!

“Demonstramos ao mundo que fomos mudados, não primariamente porque memorizamos versículos bíblicos, oramos antes das refeições, entregamos o dízimo do nosso salário e ouvimos músicas evangélicas, e sim porque mostramos de maneira crescente uma disposição de suportar, perdoar e amar um grupo de pecadores semelhantes a nós” (Mark Dever).

 

1) A COMUNHÃO É FEITA DE UNIDADE NA DIVERSIDADE (VS.12-14)

Duas coisas chamam a atenção em um corpo: a diversidade (um órgão só não é um corpo) e a unidade (vários órgãos dispersos não são um corpo).

O texto nos ensina que passamos a fazer parte do Corpo de Cristo quando somos batizados no Espírito Santo, ou seja, no ato da conversão.

“Existem algumas coisas que não podemos fazer sozinhos, e uma delas é ser cristão” (Paul Tournier).

 

2) NA COMUNHÃO NÃO EXISTE INFERIORIDADE (VS.15,16)

Paulo, agora, compõe uma espécie de fábula: os membros começam a falar. E a julgar pela fala, o pé e a orelha sofriam de “complexo de inferioridade”. Às vezes somos assim: nos sentimos excluídos e desvalorizados, mas o problema está em nós mesmos.

“A comparação é o veneno da autoestima” (John Powell).

Será que deveríamos sentir inveja ou nos depreciarmos? A verdade é que Deus nos criou como somos porque tinha planos para nós. Minha igreja precisa de mim!

 

3) NA COMUNHÃO NÃO EXISTE SUPERIORIDADE (VS.17-21)

Continuando sua fábula, o apóstolo Paulo faz o olho e a cabeça falarem. Então, aparece o problema oposto: eles estavam se supervalorizando! Mais uma vez, a comparação é prejudicial. Se nos colocarmos abaixo ou acima das pessoas, não conseguiremos viver em comunhão. Para isso, temos de estar lado a lado, no mesmo nível!

Ninguém é superior ou autossuficiente. Eu preciso da minha igreja!

 

4) ONDE HÁ COMUNHÃO, HÁ CONSIDERAÇÃO (VS.22-24)

Da mesma maneira como todas as partes do corpo são honradas, todos os membros do Corpo de Cristo devem ser valorizados.

Paulo escreve que os membros do corpo que parecem menos honrosos são justamente aqueles que recebem maior honra. Talvez estivesse pensando no seu próprio caso: ele, que tinha sido perseguidor da igreja, recebeu o privilégio de tornar-se o apóstolo dos gentios. Como é maravilhosa a graça de Deus!

Veja esse exemplo: Em um aeroporto, pequenos monomotores têm os mesmos direitos dos jatos comerciais. A mesma coisa acontece na família de Deus.

 

5) ONDE HÁ COMUNHÃO, HÁ ATENÇÃO (VS.25-27)

Todos os membros do corpo precisam de cuidado. Se o dedo estiver ferido e o pé e a cabeça disserem: “Isso não é problema meu”, logo a infecção se espalhará por todo o organismo… chegando, inclusive, ao pé e à cabeça!

Se eu não me cuido, prejudico. Se eu não cuido do outro, sou prejudicado. Cada crente influencia seu irmão e é por ele influenciado. Estamos todos interligados.

“Nenhum homem é uma ilha isolada. Cada homem é uma parte do continente, um pedaço da terra firme. Se um torrão é arrastado para o mar, o país fica menor, como se tivesse perdido um promontório, ou a casa de algum amigo, ou a tua própria. A morte de qualquer homem me diminui, porque sou parte do gênero humano. E por isso, não perguntes por quem os sinos dobram: eles dobram por ti” (John Donne).

 

CONCLUSÃO

Estas grandes verdades sobre a comunhão cristã devem ser conhecidas, e, acima de tudo, vividas!

Derrubemos as barreiras! Vivamos em comunhão!

 

Pastor Marcelo Aguiar

FECHE A PORTA PARA O PECADO NA SUA FAMÍLIA

JESUS FAZ MILAGRES NA FAMÍLIA

Sem comentários

Deixe seu comentário

IBMP

IBMP