Av. Des. Dermeval Lyrio, 501 - Mata da Praia - Vitória/ES 27 3325 7566 | 99706-2131 (WhatsApp) igreja@ibmatadapraia.org.br     

Texto das
Mensagens

INTRODUÇÃO: JESUS CRISTO SE APRESENTA | Série “Apocalipse Versículo por Versículo” – Ep. 05

Apocalipse 1.1-20    Pr. Marcelo Aguiar    31/03/2021

APOCALIPSE VERSÍCULO POR VERSÍCULO

 5) INTRODUÇÃO: JESUS CRISTO SE APRESENTA

 

JOÃO FAZ A APRESENTAÇÃO DO LIVRO

Entre os versículos 1 e 8 do primeiro capítulo João apresenta o livro e a si mesmo, saúda as igrejas destinatárias, glorifica ao Deus Triúno e enfatiza a volta de Cristo.

                 1:1 – A revelação é de Jesus Cristo e sobre Jesus Cristo. Ele a recebeu de Deus e a enviou a João para que este, por sua vez, a transmitisse aos cristãos. “Brevemente”. “Notificou” – “mostrar algo a alguém através de algum tipo de sinal”.

                1:3 – A primeira das sete bem-aventuranças do Apocalipse.

                1:4 – As sete igrejas da província romana da Ásia eram as destinatárias do livro e as representantes de todas as igrejas.

                1:4,5a – Referência à Trindade.

                1:5b,6. Doxologia, exaltação a Cristo. Somos reino. Somos sacerdotes.

                1:7 – Jesus voltará visivelmente.

                1:8 – Deus se apresenta como “o Alfa e o Ômega”. Mais adiante Cristo se apresentará da mesma forma, numa prova da sua divindade (22:13).

 

JOÃO APRESENTA O CONTEXTO DO LIVRO

Entre os versos 9 e 11 do primeiro capítulo João conta onde estava ao receber a revelação; por que estava lá; quando a recebeu; a quem ela foi endereçada e de quem a recebeu.

                1:10 – “Arrebatado em espírito”, “tive um êxtase”. “No dia do Senhor”: os cristãos já guardavam o domingo àquela altura.

 

A “ESTREIA” DO SIMBOLISMO APOCALÍPTICO

Entre os versos 12 e 16 do capítulo 1 João ouve a voz de Cristo e contempla a sua glória.

“UM SEMELHANTE A FILHO DE HOMEM”

“Filho do Homem” foi a expressão predileta usada por Jesus pra referir-se a si mesmo. A expressão foi tirada do livro de Ezequiel (Ez 2.1, indicando humanidade) e do livro de Daniel (Dn 7.13,14, indicando divindade).

“VESTIDO DE UMA ROUPA TALAR, E CINGIDO À ALTURA DO PEITO COM UM CINTO DE OURO”

Suas vestes indicam que Cristo é Sacerdote e Rei – dois de seus ofícios.

“A SUA CABEÇA E CABELOS ERAM COMO LÃ BRANCA, COMO A NEVE”

O branco simboliza a pureza, e a cor dos cabelos de Cristo na visão é indicador de sua santidade.

“E OS SEUS OLHOS COMO CHAMA DE FOGO”

Os olhos de Cristo são descritos como chama de fogo a fim de simbolizar a sua acurada visão, ou seja, a sua onisciência.

“E OS SEUS PÉS, SEMELHANTES A LATÃO RELUZENTE, QUE FORA REFINADO”

O latão, nos dias de João, era considerado o mais resistente dos metais. Assim, a forma como os pés de Cristo são descritos aponta para a sua firmeza, ou seja, para a sua onipotência (ao contrário dos pés da estátua Dn 2.34).

“E A SUA VOZ, COMO A VOZ DE MUITAS ÁGUAS”

Na visão, a voz de Cristo soa como de trombeta ou como de muitas águas, num símbolo de sua autoridade.

“O SEU ROSTO ERA COMO O SOL, QUANDO RESPLANDECE NA SUA FORÇA”

O rosto de Cristo é apresentado como possuindo um brilho intenso, simbolizando a sua majestade.

“DA SUA BOCA SAÍA UMA AGUDA ESPADA DE DOIS GUMES”

No livro de Apocalipse, a palavra de Cristo – simbolizada, nesta primeira visão, pela espada – é sempre a arma usada para derrotar os seus adversários. Podemos enxergar, aqui, o seu ofício profético.

“E NO MEIO DOS CANDEEIROS”

Ao contrário do que acontecia no Velho Testamento, o povo de Deus não é representado por um castiçal único (ver Zc 4.2), mas por sete candeeiros. Cristo se move no meio das igrejas – um símbolo de sua onipresença.

“TINHA ELE NA SUA DESTRA SETE ESTRELAS”

Os anjos das igrejas – ou seja, os seus pastores – estão nas mãos de Cristo, numa alusão ao cuidado e ao destino.

“CAÍ AOS SEUS PÉS, COMO MORTO”

Entre os versos 17 e 20 do capítulo 1 Jesus tranquiliza João, reafirma a sua autoridade, dá-lhe uma missão e capacita-o a entender a visão.

                1:17 – “Eu sou”, “Sou eu”.

                1:18 – A morte é um estado, o Hades é um lugar. Ambos serão lançados no lago de fogo na segunda vinda de Cristo (Ap 20.14).

                1:19- Não indica uma tríplice divisão do Apocalipse. João simplesmente deveria escrever 1) o que ele visse (as coisas); 2) o significado do que via (a realidade das coisas); 3) os desdobramentos do que via (o futuro das coisas).

 

PARA SABER MAIS:

“Apocalipse: O Futuro Chegou” (Hernandes Dias Lopes, Hagnos).

 

O QUE APRENDEMOS NO ESTUDO DE HOJE?

Nas horas de aflição, o que mais precisamos é de uma visão daquele que nos ama e cuida de nós – o Senhor Jesus!

CONHECENDO O LIVRO DE APOCALIPSE | Série “Apocalipse Versículo por Versículo” – Ep. 04

CARTAS ÀS IGREJAS DE ÉFESO E ESMIRNA | Série “Apocalipse Versículo por Versículo” – Ep. 06

Sem comentários

Deixe seu comentário

IBMP

IBMP